fbpx
Brasil e o Mundo

Brasil passa vexame na ONU

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro queixou-se de desinformação mundial com intenção de derrubá-lo, mas não dá um único dado real em defesa de seu governo. Foto: Marcos Corrêa/PF

Cumprindo tarefa histórica de abrir assembleias-gerais da ONU, Brasil passou vexame no discurso do presidente Jair Bolsonaro. Em vez de se dirigir ao mundo, como se espera de um estadista, o chefe do Executivo repetiu a seus fanáticos as mentiras que fazem do País pária do mundo. Todos sabem que o desempenho do governo brasileiro no combate à pandemia foi o pior de todos, não o melhor, de que ele se gabou. Cometeu erro grosseiro de aritmética ao atribuir à ajuda emergencial aos pobres de cento e pouco dólares em mil, dez vezes, um zero à direita por mês e inculpou caboclos e índios por focos de fogo na Amazônia. Para completar, deu um show de sabujice ao fazer campanha eleitoral indireta de seu ídolo, Donald Trump, em campanha pela reeleição. Foi o discurso mais cínico do encontro. O mais cretino foi o do citado Trump. E o mais hipócrita do líder chinês, Xi Jipingng, que prometeu combater a poluição com metas a serem atingidas em 2060. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.



Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios