fbpx
Brasil e o Mundo

Bolsonaristas ameaçam diplomatas chineses após agressão de Eduardo Bolsonaro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os telefonemas de ameaça começaram depois da publicação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) nas redes sociais, que responsabilizou a China pela pandemia do novo coronavírus


Sputnik – A Embaixada da China no Brasil, em Brasília, passou a receber desde esta quinta-feira (19) ligações agressivas.

Segundo as informações publicadas pelo jornal O Globo, os telefonemas começaram depois da publicação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) nas redes sociais, que responsabilizou a China pela pandemia do novo coronavírus.

Fontes da embaixada relataram ao jornal que já foi pedido reforço na segurança do local. Todos os números identificados estão sendo anotados e serão repassados à polícia brasileira.

Desde a última segunda-feira (16) que a Embaixada da China vinha registrando crescimento de ataques ao país feitos por brasileiros, por meio das redes sociais.

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, publicou um post informando que recebeu ameaças, mas depois apagou a mensagem.

​Em seu Twitter, Eduardo Bolsonaro republicou um texto que diz que a pandemia do coronavírus é responsabilidade do “Partido Comunista Chinês”.

​A embaixada chinesa disse que o filho do presidente Jair Bolsonaro foi infectado por um “vírus mental” em Miami.

A China é o principal parceiro comercial do Brasil.

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios