fbpx

Ayache não será vice de Marquinhos na disputa pelo governo, diz deputado

PSB pode apoiar candidatura de Eduardo Riedel (PSDB) ao governo, conforme deputado estadual Paulo Duarte

Deputado estadual Paulo Duarte (PSB) dá entrevista na Assembleia Legislativa de MS (Foto: Adriel Mattos)

O presidente do PSB em Mato Grosso do Sul, Ricardo Ayache, não será vice na chapa ao governo do Estado, encabeçada pelo ex-prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). Quem afirmou isso hoje (3), categoricamente, foi o deputado estadual Paulo Duarte (PSB). O anúncio de Ayache na chapa como vice chegou a ser feito em março deste ano por Trad.

“Essa questão do vice está superada e o Ayache não vai ser vice do Marquinhos. Quando entrei no partido conversei com ele e a minha posição é estar com o Riedel”, disse Duarte, durante entrevista à imprensa na Assembleia Legislativa, no primeiro dia de sessão ordinária presencial.

A candidatura ou não de Ayache vem sendo uma incógnita desde que Marquinhos o anunciou como vice. Ayache negou que teria intenção de concorrer como vice, mas participou de almoço com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, após o lançamento da pré-candidatura de Marquinhos.

Marquinhos já chegou a afirmar que mesmo se Ayache não for seu vice na candidatura e fizer campanha contrária, o convidará para ser secretário de saúde, caso ganhe a eleição. A afirmação foi feita durante o Congresso Estadual do PSB, cúpula liderada por Ayache, em março.

Na época, Ayache disse que o assunto estava em discussão e não tinha pressa para tomar a decisão. Ele, que também é presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul), disse que pesquisa interna sobre opinião dos servidores sobre uma possível candidatura não havia sido realizada ainda.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/EeV91
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!