fbpx
Polícia

Aula inaugural marca início do curso de formação de 153 novos escrivães de Polícia Civil – POLÍCIA CIVIL

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na manhã desta segunda-feira (04) ocorreu, na Academia de Polícia Civil Delegado Júlio César da Fonte Nogueira (Acadepol/MS), em Campo Grande, a aula inaugural  para 153 escrivães convocados para o Curso de Formação Policial. No total são 257 acadêmicos que encontram-se divididos em dois grupos – Investigadores de Polícia Judiciária, que tiveram o início das aulas no dia 04 de dezembro e Escrivães de Polícia Judiciária. Eles se alternarão de modo que enquanto um grupo estiver na Acadepol o outro estará em estágio nas delegacias, se revezando durante os módulos por conta da Pandemia de Covid-19.

Durante a cerimônia, o Delegado-Geral Adjunto Adriano Garcia Geraldo, representando o Delegado-Geral Marcelo Vargas, deu boas-vindas aos alunos e os parabenizou pela perseverança. O delegado adjunto falou ainda sobre os desafios da segurança pública e destacou a atuação da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, com um dos mais altos índices de resoluções de crimes no país. 

“Gostaria de dar os parabéns a cada um dos alunos presentes que perseveraram e ultrapassaram diversos obstáculos para estar hoje aqui, ingressando na última, e mais importante, fase do concurso de uma das melhores polícia civis do Brasil”, pontuou. 

Suspenso desde o início do ano por conta da pandemia de Coronavírus, o curso de formação dos 257 novos policiais civis terá duração aproximada de quatro meses, com aulas teóricas de direito administrativo, direito penal, direito processual penal, direito constitucional, polícia comunitária, entre outros, bem como atividades práticas e operacionais, como tiro, algemamento e defesa pessoal, por exemplo. 

Texto: acadêmica Fernanda Müller 

 

 

 

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios