fbpx
Rádio

Até 10 de maio, equipamentos de fiscalização eletrônica no Parque dos Poderes funcionam em caráter educativo


Funcionando inicialmente em caráter educativo, os equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade instalados no Parque dos Poderes, começam a multar a partir de 10 de maio. Além de contribuir para o tráfego mais seguro, os radares e lombadas também reduzirão o número de atropelamento de animais silvestres no local.

Os novos aparelhos, instalados em diferentes pontos do Parque dos Poderes, fazem parte de um convênio entre o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

A Agetran ficou responsável por fazer a instalação dos equipamentos, assim como ter as despesas referentes ao cadastramento das multas no sistema informatizado do Detran-MS, bem como a impressão, postagem e publicação das notificações. Ela vai receber os repasses diários da arrecadação das multas, para suprir os custos operacionais.

Neste convênio cabe ao Detran adequar seu sistema informatizado de controle de multas e arrecadação, possibilitando a Agetran fazer este cadastramento, controle e arrecadação. Assim como fazer a retenção de repasses, descontos e cobranças previstas em lei.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/sQyr5
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo