fbpx
Geral

ANTT reajusta valor do frete para transporte rodoviário de carga em até 14%

Variação de 11% a 14% depende de tipo de carga, número de eixos, distância do deslocamento, entre outros

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou neste sábado, 19, a nova tabela com os valores atualizados dos pisos mínimos do frete de transporte rodoviário de cargas.

A alíquota aplicada gerou uma variação de 11% a 14%, conforme os parâmetros envolvidos, como tipo de carga, número de eixos do veículo, distância do deslocamento e as particularidades da operação, que também são consideradas no custo do frete.

Com o reajuste do frete, o motorista de um veículo de dois eixos que transporta carga frigorífica passará a desembolsar R$ 3,51 por quilômetro rodado.

O mesmo motorista pagaria um frete de R$ 3,56 por quilômetro com carga perigosa a granel líquido, além de uma taxa de R$ 364,71 para carga e descarga.

Os detalhamentos podem ser conferidos aqui, em publicação extra do Diário Oficial da União.

Cabe à ANTT elaborar a metodologia a ser aplicada no cálculo da tabela com os pisos mínimos de fretes referentes ao quilômetro rodado na realização de frete, por eixo carregado, para diferentes tipos de carga (geral, a granel, frigorificada, perigosa e neogranel).

A legislação que estabeleceu a tabela de piso mínimo de frete rodoviário determina ainda que esta seja atualizada semestralmente até os dias 20 de janeiro e 20 de julho de cada ano, ou sempre que houver oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel.Campo Grande News - Conteúdo de VerdadeCampo Grande News - Conteúdo de Verdade

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/Iq0sd
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo