fbpx
Famosos

Adnet imita xilique de Mario Frias após ataque do governo – Famosos – NaTelinha

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Marcelo Adnet reagiu ao ataque de Mario Frias e do governo Bolsonaro com deboche. O comediante, criticado pelo secretário de Cultura e pela Secretaria de Comunicação Social por satirizar uma campanha federal, produziu uma nova paródia para o Sinta-se em Casa, seu quadro no Globoplay.

No vídeo, Adnet dramatizou o texto publicado por Mario Frias, chamado pelo comediante de “xilique-resposta”.

Quando leu o trecho “Idiota, egoísta, fraco! Onde eu cresci, não durava um minuto!”, Adnet imitou Frias em frente a um playground, ironizando a suposto grau de periculosidade do ex-ator.

Mario Frias detonou Adnet após ter sido imitado em uma sátira à campanha Um Povo Heroico, estrelada pelo secretário de Cultura, que exalta “heróis brasileiros”.

“Garoto frouxo e sem futuro. Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula. Um Judas que não respeitou nem a própria esposa traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter”, escreveu, em legenda de publicação no Instagram, lembrando a traição do ator quando ainda era casado com Dani Calabresa.

“Um palhaço decadente que se vende por qualquer tostão, trocando uma amizade verdadeira, um amor ou sua história por um saquinho de dinheiro e uma bajulada no seu ego infantil e incapaz de encarar a vida e suas responsabilidades morais”, prosseguiu Frias.

Segundo o Secretário de Cultura, Adnet conta vantagem por se considerar melhor que as outras pessoas. “Mas isso tudo é só para esconder a solidão em que ele se encontra. Quem em sã consciência consegue conviver no mundo real com um idiota egoísta e fraco como esse? Onde eu cresci ele não durava um minuto. Bobão”, finalizou.

O governo Bolsonaro também atacou Adnet usando o Twitter da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), e distorceu a paródia acusando o comediante de debochar de heróis humildes retratados no vídeo original. O alvo do artista global foram Mario Frias e o presidente.

No Twitter, Adnet respondeu a alguns comentários sobre a polêmica e foi parabenizado por fãs e outros artistas. “Parece que o ‘sem mimimi e contra o politicamente correto’ era apenas hipocrisia. Uma piada versus o Governo Federal em polvorosa, fazendo notas de repúdio em canal oficial. O país desmoronando e o problema é minha sátira! É muita falta do que fazer”, disse, em uma das publicações, em resposta ao elogio do colega Fabio Rabin.

 

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!



Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios