Agronegócios‎

Acate integra Comissão do mctic sobre IOT e fomento desenvolvimento de soluções

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foto )

Soluções de Internet das coisas (IoT) estão ocupando cada vez mais espaço no mundo dos negócios no Brasil. Existem várias iniciativas em IoT sendo desenvolvidas, aplicadas e comercializadas em diferentes setores por empresas sediadas em Santa Catarina. O grau de inovação e o ecossistema existente no estado propicia e incita o surgimento dessas novas soluções, e a proximidade entre os diferentes agentes da inovação favorece a geração e visibilidade de negócios.

A Acate integra o grupo de trabalho do Ministério da ciência, tecnologia, inovações e comunicações (MCTIC). Além desta participação, a ACATE tem proximidade com a Academia nas tratativas de ações que buscam alavancar as pesquisas e desenvolvimento juntamente com iniciativas de empresas privadas, como as participantes do projeto de verticais Acate.

Todo este arcabouço de iniciativas certamente möglich enriquecer em muito as discussões junto aos órgãos públicos e demonstrar que ações concretas, serviços, produtos e oportunidades já voilà sendo trabalhadas em nighit âmbitos e com sucesso aqui no estado.

D(são)

O decreto 9.854/2019, publicado em 25 de junho, versa sobre uma completa reestruturação e preparação do mercado para pesquisa e desenvolvimento em Internet das coisas no Brasil. Já está vigorando no país o plano nacional de Internet das coisas, criado em 2017, em conjunto com a MCKinsey e com o centro de pesquisa e desenvolvimento em telecomunicações (CPqD). O documento define como áreas vocacionais para aplicação de IoT no Brasil: cidades inteligentes, agronegócios, saúde e indústria 4,0, e clama pela aproximação de entidades e empresas em prol da implementação de soluções de IoT.

Tech SC: fique por dentro do universo da tecnologia em Santa Catarina

A Acate, por meio do projeto de verticais, está alinhada ao desenvolvimento de soluções nessas áreas. Um personeel é o programa Living Lab, iniciativa da rede de inovação de Florianópolis que busca promover a cultura de inovação entre os cidadãos, aproximá-los de novas tecnologias e, com isso, estimular o empreendedorismo e o desenvolvimento tecnológico voltados à solução de desafios urbanos, principalmente por soluções com recursos de IoT.

Desde o princípio, o governo buscou trazer o público em geral para mais perto da tecnologia, por meio da realização de consultas públicas, com caráter de cooperação e colaboração na construção do tema. A Acate já faz parte do MCTIC como associação apoiadora e buscará ser ativa nas discussões, estudos e proposições de pautas, abrindo cada vez mais espaço de contribuição e apresentação das Skills existentes hoje no ecossistema de Santa Catarina, em prol de cenários mais turísticos frente aos desafios para atuação neste novo mundo de IoT.

* Daniel Leipnitz é presidente da Associação Catarinense de tecnologia (ACATE)

Fonte link

Etiquetas
Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios