fbpx
Capital

Abril registra mais de 20% acima do esperado de chuvas em Campo Grande

Contudo, o meteorologista Natálio Abrahão aponta que municípios pantaneiros tiveram menos chuvas que estimado

Trânsito com chuva na Avenida Presidente Vargas, no Santo Amaro. (Foto: Henrique Kawaminami)

De acordo com informações do meteorologista Natálio Abrahão, da Uniderp (Universidade Para Desenvolvimento da Região do Pantanal), Campo Grande registrou chuvas cerca de 20,7% acima do esperado para o mês de abril deste ano.

Segundo ele, eram previstos 89,9 mm (milímetros), mas houve 108,5 mm, em média, neste período. Em vários bairros da cidade, a ação da natureza deixou ruas esburacadas nas últimas semanas.

Em municípios que compõem o Pantanal sul-mato-grossense, houve menos do que o esperado – a estimativa era de 97,1 mm em Coxim, mas ocorreram 36,2 mm, enquanto esperava-se 76,5 mm em Corumbá, mas ocorreu apenas 16,9 mm. Em março, seca no bioma já havia sido classificada como “extrema”.

Em Ponta Porã, o índice de 128,6 mm foi um pouco abaixo do esperado (135,1), mas em Dourados, a média de 128,1 foi acima da estimativa (98,6 mm).

Em outros locais, como Itaquiraí (194,4 mm), Ribas do Rio Pardo (108,4 mm) e Ivinhema (145,2 mm), o balanço foi maior do que se esperava. Por fim, o município de Três Lagoas registrou 18,6 mm, enquanto se esperava 76,2 mm.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/V3dqa
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo