fbpx
Três Lagoas

A indicação de medicamentos para tratamento precoce da Covid-19 fica a critério do médico”, diz secretária de saúde

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após a circulação de informações que a prefeitura de Três Lagoas irá oferecer tratamento precoce aos pacientes de casos de Covid-19 a Secretaria Municipal de Saúde esclarece que a decisão de fornecer determinados medicamentos indicados para o tratamento de sintomas relacionados a doença fica à critério da avaliação médica.

De acordo com a secretária de Saúde Elaine Cristina Ferrari Furio, antes de qualquer ação é preciso ressaltar que se trata de uma doença nova, com pouco mais de um ano, então tudo ainda é muito novo, estudos ainda estão sendo elaborados, ou seja, não existe uma verdade absoluta.

“De um lado temos médicos que acreditam tratar precocemente os sintomas do paciente irá diminuir a replicação viral, de outro lado temos médicos que não acreditam neste tipo de tratamento e tratam a Covid-19 como uma doença de evolução benigna, em média, 80% dos casos possuem boa evolução. O mesmo acontece com os pacientes, alguns querem mais medicamentos, não querem sair das unidades apenas com a receita de um remédio, enquanto outros acham que não precisam utilizar vários fármacos”, pontua a secretária.

Elaine explica, ainda, que diante desse cenário a SMS organizou esse fluxo através dos quatros centros de Covid no município, nas unidades de saúde: São Carlos, Santa Luzia, Vila Nova e Vila Alegre. Esses locais contam com profissionais que acreditam neste tipo de tratamento para os sintomas da doença.

“Nós respeitamos os médicos que acreditam e prescrevem segundo a sua avaliação, e nós também respeitamos os profissionais que segundo avaliação, julgam não ser necessário, o que precisamos é respeitar toda avaliação médica”, destacou a secretária.



Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios